Etiqueta: #SCP #CS #VerdadeOuMentira

A REVOLTA DO ENGANADO

Por muitos mimos ou juras de amor que se façam há coisas que acontecem e que são dolorosas.

Bruno Fernandes que o diga. Depois de ter rescindido contrato com o SCP voltou pela mão de Sousa Cintra como um rei.

A época foi algo de fantástico para ele, financeiramente e em estatuto dentro do balneário. Até no próprio Clube em geral. Acentuou-se e foi consolidado na época seguinte. Perfeito.

A jogar bem, num crescimento evidente, os sonhos começaram a fazer mais sentido e a estarem mesmo à porta.

Inglaterra à vista. Eis que entra em cena Jorge Mendes para ajudar toda a gente, a começar pelo próprio jogador, os dirigentes e até o próprio Sporting.

O foi-lhe adiado. A promessas por cumprir. Mas ficou o capitão com a braçadeira personalizada, caso inédito, e a constante promessa de mais dinheiro.

A verdade é que por muito dinheiro que o SCP possa dar-lhe ficará sempre longe do que ia ganhar se tivesse saído.

Bruno Fernandes além de excelente jogador é inteligente. Depressa percebeu que tinha sido vítima do Karma, ou seja, enganado por alguém e que ter ficado em Portugal teria consequências corrosivas muito mais do que financeiras, também seriam de danos colaterais à sua capacidade profissional e de imagem.

Rapidamente percebeu que o circo estava montado para o desvalorizar. Uma mudança de comportamento dos árbitros – queixou-se na outra jornada -, uma expulsão injusta na última jornada e a máquina (paga pelo império) a dizer em uníssono que era refilão com os árbitros e já deveria ter sido expulso mais vezes.

Ironia do destino, o descambar aconteceu no balneário do clube que o formou, aos pontapés nas portas fechadas do seu futuro.

Talvez, imagino eu, tenha-lhe passado pela cabeça um cenário como este: já estou vendido ao empresário que vendeu-me ao Clube XPTO por um valor que pode ser baixado, depois de uma campanha desastrosa, aumentado o lucro para o empresário e baixando os prémios e vencimento para o próprio jogador… num sonho adiado para o pesadelo!

Afinal o SCP precisa de o vender e ainda vai dizer que, apesar de tudo, não foi um mau negócio. Talvez o melhor de sempre da vida do SPORTING CP.

Seria caso para dizer-te BF, que, como no futebol, umas vezes ganha-se e nas outras perde-se. Não sei se me entendes? Claro que sim, foste o primeiro a perceber que tinhas sido enganado e isso revolta.

Mas, infelizmente, não foste o primeiro a ser enganado e a estar revoltado, no Sporting, há muitos a começar por jogadores e a acabar nos Sócios que foram enganados e que continuam revoltados, só não ganham o que tu e outros ganham. Pois é. É o Clube que temos!

E o despertador tocou… A luz do dia tinha chegado.

Acordo banhado em suores frios deste pesadelo, deste clima de terror e de caos, que espero, não me traga consequências psicológicas para este novo dia. Vou recuperar.

Fiquem bem!

PORQUÊ?

É a pergunta de um milhão de dólares!

Aposto que tem a sua resposta e que existem várias respostas na cabeça de cada um…

A quem interessa trazer, ciclicamente, a pessoa e as suas histórias?

Sousa Cintra teve um passado no Clube com diversos erros graves ou com consequências pesadas para o Sporting CP, ainda assim, voltou para em 2 meses fazer uma caminhada destruidora.

Porquê?

Porque voltou? Porque é que foi o rosto escolhido para fazer o papel de salvador?

Porque é que não são revelados alguns erros estratégicos que cometeu?

Porque é que se continua a viver na mentira com constantes aparições para relembrar erros, dificuldades ou um episódio que foi criado propositadamente para dividir, a longuíssimo prazo, os Sportinguistas?

Porque é que não haverá união?

A quem interessa tudo isto? Que não muda nem com títulos europeus?

E nos tantos porquês, cabe também outro, entre outros, para questionar as verdadeiras razões de uma comunicação social específica dar cobertura a este teatro cênico que fomenta mais divisão e destruição no Sporting CP, porquê?

E já agora, antes de alguns obsoletos mentais atacarem as minhas palavras, ponham a mão na consciência e perguntem duas coisas:

O que já fiz eu para defender o meu Clube?

E o porquê de atacar outros Sportinguistas?

Mas não precisam de responder, de a vossa resposta ficar na consciência está bom!

E para terminar, o último porquê:

Porque é que o Sporting CP e os seus Sócios e Adeptos não vão ter paz nos próximos anos?

Fiquem a pensar… meditem ou reflitam consoante os olhos de cada Leitor.

Boa sorte!

Saudações Leoninas

A verdade da mentira

Nesta minha senda, pela tentativa de compreensão daquele que é considerado o quarto poder e a propósito da minha última crónica, escreveu-me alguém no Twitter: “Perdi de tal maneira a confiança na CS que quando vejo notícias sobre os subsídios para Pedrógão já não sei se hei-de acreditar”.

É este o risco que corremos. Um dos principais efeitos nefastos do caminho que está a ser trilhado: a descredibilização da CS. Em quem vamos confiar para nos informar, com rigor e isenção? E porque é que a própria classe permanece “dormente” face a um assunto que a prejudica cada vez mais?

Mesmo com o direito de resposta salvaguardado na lei, o que se verifica é que o destaque dado ao mesmo, nunca é igual ao que foi dado na publicação da notícia. Letras pequenas, passam ao lado. Ninguém lê.

Alguns exemplos gritantes que fui “coleccionando”:

A notícia do CM que, mais uma vez, é replicada até à exaustão pelos outros órgãos de comunicação social, refere que Bruno de Carvalho ameaçou despedir funcionários no caso de ser votada a sua destituição.

Pequeno aparte: um presidente destituído consegue despedir funcionários?!… Mais um poder de BdC que eu desconhecia. Adiante..

Segundo aquela publicação, tais palavras foram proferidas numa reunião com mais de 200 funcionários.

Se não fosse a publicação do capitão da equipa de HP do Sporting, João Pinto, ainda hoje muitas pessoas pensariam que aquelas palavras foram mesmo ditas.

A propósito da AGE de dia 23, afirma Bernardo Ribeiro na sua conta do Twitter, que dirigentes de alguns núcleos do Sporting estão a organizar uma excursão à AG. Os órgãos sociais de um desses núcleos vieram a terreiro desmentir categoricamente a falsa notícia, mas… está dito – está dito! Para Bernardo Ribeiro, director-adjunto do Record (grupo Cofina), isso agora não interessa nada!

Ainda na dita AGE23 sobre a “visita” inesperada de Álvaro Sobrinho para votar e da confusão que se gerou com a sua entrada no Altice Arena, também as noticias são contraditórias. Ora houve agressão, ora houve tentativa de agressão.

A notícia com o desmentido da agressão passou ao lado de muita gente. Ainda hoje me garantem que Sobrinho foi agredido, porque foi o que leram.

Termino com uma curiosidade, chamemos-lhe assim… O que leva Tânia Laranjo (cmtv) a ter a necessidade de escrever no seu Facebook o seguinte esclarecimento? Para certas coisas tão rigorosa, para outras tão displicente…

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén