Etiqueta: Oposição

A OPOSIÇÃO!

Ontem escrevi um texto e hoje outro! Devo ter pegado o bichinho de falar do Sporting Clube de Portugal outra vez.

Hoje quero falar da famosa Oposição ao Varandas! Quem???? Perguntam vocês incrédulos… Atão mas há oposição a esta Direcção?

Vocês são tramados!! A fazer uma pergunta que sabem que tem uma resposta daquelas de Sim e Não…

Vamos ao SIM

É verdade. Com os resultados que se têm visto a esta Direcção são cada vez mais as vozes, grupos e grupetas que se opõem à gestão “invisível” (pena que os resultados sejam tão maus que se tornam visivelmente gritantes) e aos resultados nefastos desta.

Claro que quantidade nem sempre reflecte qualidade e, neste caso, as “vozes” e as acções vão se atropelando transformando esta oposição numa mole caótica e descoordenada, tornando-a fácil de ignorar (eu sei que parece dificil mas não é).

Não fossem as manifestações promovidas pelas Claques e quase que se poderia dizer que esta “Oposição” era uma coisa que só assistia aos Guedes das Redes Sociais e a um ou outros comentador desalinhado.

A expressão máxima desta Oposição será nas votações das AGs como já aconteceu na últimas que quase chumbou o Relatório e Contas…

Vamos ao NÃO

Em política, tudo o que não for corporizado desaparece ou torna-se irrelevante. Daí que sempre que um grupo se manifesta por algum motivo ou em defesa de alguma causa, de imediato é necessária uma personna, que dê cara e voz aos anseios desse mesmo grupo, defendendo a causa onde seja necessário fazê-lo!

No caso do Sporting falta exactamente aquilo que houve em 2018 aquando do Golpe que derrubou a Direcção anterior… Alguém que assegurasse às massas que o poder estava assegurado e que o Clube, apesar da incerteza desses tempos, teria alguém disposto a assumir a sua Gestão, por mais conturbado que fosse o momento ou a situação em que o Clube se encontrava. Essa pessoa foi o Varandas (não lhe estou a atribuir o mérito desta estratégia…)!

A Oposição, por muito grande que seja a sua dimensão, sem uma cabeça ou um rosto que se erga e afirme o interesse em liderar esse movimento, torna-se ineficaz e sem a capacidade de, aos poucos, atrair os apoiantes que a actual Direcção vai deixando pelo caminho, uns porque deixaram de acreditar na capacidade de obter resultados, outros porque perceberam o embuste que esta Direcção os tem sujeitado.

Uma Conclusãozinha!

É urgente que os que se movimentam na sombra (se é que os há) e que tenham ambição de serem Presidentes do Sporting Clube de Portugal o assumam, mesmo não havendo eleições no Horizonte próximo (será que não há mesmo? Mas isso é assunto para outra crónica).

Está na hora de perceberem que a melhor tática é darem a cara e começarem a questionar abertamente esta Direcção. A onda já existe! Só é necessário que alguém esteja disposto a navegá-la! E se têm dúvidas, perguntem-se quando é que são as eleições do Benfica e porque é que Rui Gomes da Silva já anunciou que quando houver eleições é candidato…

Sem este rosto, Varandas e sus muchachos, ajudados por uma comunicação social mercenária e subjugada aos interesses (lembrem-se que os mercenários defendem sempre que lhes paga mais), conseguem circunscrever a oposição a um conjunto de gajos maldispostos que gostam de falar mal de tudo e todos. E estes, como não são nada, não se conseguem defender e, já agora atacar!

É hora de agregar as Tropas e isso só se consegue com Lideres/Generais!

P.S. Mais uma vez Bruno de Carvalho fez o trabalho que ninguém quis fazer dentro do Sporting e tentou colocar-se como rosto desta mesma Oposição anunciando que era candidato. Agradeço-lhe muito a coragem mas na minha opinião isso só surtiria o efeito que descrevo acima se primeiro se comprovasse que pode voltar a ser sócio e candidato às próximas eleições.

E já agora que falo em Bruno de Carvalho, a quem aproveito para endereçar um abraço, espero mesmo que isso aconteça. Que possa voltar a ser sócio e que possa concorrer às próximas eleições. Não tenho dúvida que seria uma medida de grande apaziguamento deste clima hostil que se vive no Sporting.

OPOSIÇÃO!

Há quem acredite que qualquer sistema político só é verdadeiramente democrático se houver oposição! Sou uma dessas pessoas.

No entanto, assistimos diariamente à tentativa de silenciar quem tem uma opinião diversa ou pela força, ou pela intimidação e perseguição de quem vê o mundo com os mesmos olhos.

Cada dia que passa assistimos a um empobrecimento dos debates públicos e a um aumento de argumentos populistas ou a um aumento da intolerância à opinião dos outros!

Claro que o Universo Sporting não é excepção.

Muitos Sportinguistas criticam outros Sportinguistas por estes últimos serem críticos da actual Direcção!

Afirmam que esta só lá está há 2 meses e por isso não tiveram tempo para fazer nada.

Segundo estes Sportinguistas, estas críticas só podem ser feitas por má-fé ou porque quem as faz, não quer a União nem o bem do Clube.

Parece-me um pouco abusiva esta opinião. Será que dois meses sem tomar nenhuma decisão importante não deveria ser alvo de crítica? Estamos a falar de um Clube que tem ambições e que passou por um processo complicado…

Ou então existe uma espécie de período de graça, que foi instituído no dia 8 de Setembro, onde não se pode criticar uma Direcção, faça ela o que fizer…

Seria como aquela lei imaginária do futebol, que institui que no início do jogo não se mostram cartões… Muitos acreditam que ela existe, mas de facto nunca passou de um mito.

Gosto mais ainda daquele grupo que acha bem à oposição, mas silenciosa, que fale somente quando lhe dão permissão para falar…

Facilmente se chega à conclusão que para estes Sportinguistas, ser oposição  é não querer a União do Clube, é querer que ele perca, é ser do clube de fãs de Bruno de Carvalho, é gostar mais de BdC que do Sporting. Podem escolher os argumentos porque os há para todos os gostos e feitios.

Reconheço que por vezes a “malta” da oposição serve-se de matéria falsa, que é posta a correr não se sabe bem por quem, para criticar a actual Direcção, enfraquecendo a sua posição.

Reconheço também por vezes as críticas são muito fraquinhas, uma espécie de vou falar para ser embirrante… Que facilmente são rebatidas pelo lado de lá!

Parece-me claro que sem esta oposição, a democracia dentro do Clube estaria ainda pior e o Sporting já estaria a definhar, pois, não haveria discussão, nem aquilo que ela tem de melhor que é iluminar o pensamento e mostrar novos caminhos e novas soluções.

Grande parte desta oposição, onde me incluo, não se revê na Direcção actual, tal como a oposição às Direcções anteriores não se reviam nestas e não poupavam nada nem ninguém, nem meios para se fazerem ouvir e notar!

Blogues e Grupos de Facebook, hoje uma realidade corriqueira, foram criados para veicular as mensagens pretendidas e para levar a cabo uma oposição que muitas vezes não tinha em conta os interesses do Sporting, mas sim a força das suas mensagens anti- direcção!

Mais tarde passámos aos Outdoors e à entrega de flyers com acusações que até hoje não se conseguiram provar e por último, essa oposição ganhou voz na televisão.

Horas de debate sobre as situações/acções da anterior Direcção foram gastas nesses órgãos sempre com o intuito de fazerem oposição, sem se preocuparem grandemente com o impacto desportivo que poderiam causar.

É engraçado que nas AGs, estas pessoas nunca foram capazes de se dirigirem aos Sócios para demonstrarem a bondade dos seus argumentos. A não ser que considerem aquilo que o Severino fez uma forma de oposição.

Nem na AG de 23 de Junho essas vozes se fizeram ouvir! Permaneceram caladas, sendo que somente um punhado de sócios anónimos foram ao palanque defender as suas razões para votar a favor das destituição.

Curiosamente hoje são estas mesmas pessoas que nos dizem que fazer Oposição é querer a derrota do Sporting e a desunião do clube!

Eu diria que a actual Direcção está a provar um pouco do mesmo “veneno” com que alguns dos seus elementos foram utilizando em relação à anterior Direcção e por isso sejam bem-vindos a uma realidade que criaram e que agora parece fora de controlo!

E para que fiquem bem cientes do que é para mim,  e para muitos dos que estão agora na oposição e para pararem de nos dizer parvoíces, fiquem com o que postei esta manhã no twitter:

Eu percebo que antes a malta da oposição torcia para o perder para poder falar mal da Direcção. Mas isso era antes. Agora muitos de nós que estamos na oposição continuamos a querer que ele vença sempre. Em todos os campos e em todas as modalidades, com qualquer treinador

E desafio a quem quer que seja que deixe nos comentários desta crónica uma afirmação que seja, onde fique contente com qualquer derrota do Sporting ou publicamente fale mal de qualquer activo do SCP, sejam treinadores ou jogadores!

Aprendam que em democracia a oposição não visa acabar com a mesma, mas sim com o enriquecimento, desta, através do debate e da discórdia!

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén