Olá Frederico,

Já há muito que não te escrevia e, se o faço agora, não é seguramente por ter saudades tuas ou da forma miserável como geres o meu clube!

Prometi-te desde o primeiro dia que te faria uma oposição frontal mas honesta e era tudo o que poderias esperar de mim. Apesar disso, esperei que a tua tão propalada experiência no futebol, me convencesse que afinal eu estava enganado e que tu eras parte da solução e não do problema. Mas essa experiência era mais uma mentira tua.

E ainda assim continuo a ser contra a tua destituição.

És mau? Não! És pior que isso! Não sabes o que estás a fazer mas achas que sim. Tens orgulho da tua ignorância e da forma mediocre como geres os destinos do Sporting Clube de Portugal. Estás cego e surdo, isolado dentro da tua soberba!

E ainda assim acredito que o melhor para o Sporting é que leves o mandato até ao fim! E que sejas recordado para todo o sempre, pelos sócios do clube, para que na hora de votar, ponderem bem em quem vão eleger, para nuca mais voltemos a ter gente do teu “gabarito” à frente do clube que todos dizemos amar.

Sim Frederico, porque nós, Sportinguistas, temos uma forma estranha de amar… Talvez porque o Sporting que, verdadeiramente amamos, seja o nosso Sporting pessoal e imaginário. E quando o Clube se desvia dessa imagem pessoal que temos dele, deixamos de o reconhecer odiamo-lo como se fosse um clube rival.

Muitos perguntam-e se não tenho medo que o Clube acabe só para dar uma lição aos meus consócios… A estes Frederico respondo-lhes que se continuamos a escolher Direcções como a tua, o Clube acabará de qualquer jeito. Se não for para competir e para ser Campeão e respeitar a grandeza dos nossos 113 anos de História, não vale a pena continuar a existir. Não foi para isso que o Clube foi fundado.

E não mintas mais! Não digas que te preocupas connosco porque isso não é verdade! Tiveste uma manifestação na rua com pelo menos 3000 pessoas e arranjaste um subterfúgio para ocultar o descontentamento destes e ignorá-los!

Os que se manifestaram Frederico são aqueles que sem ganhar nada continuam cá, continuam a acreditar que podemos ser tão grandes como os maiores da Europa e tu, nem uma palavra lhes deste!

Sim Frederico, eu também sou contra a violência e condeno veemente qualquer acto que tenha sido perpretrado contra os dois membros da Direcção. E sim espero que eles sejam identificados e expulsos do Clube, caso tenham mesmo agredido sem terem sido provocados. No nosso Clube não pode haver lugar para pessoas coomo estas.

Mas Frederico, estas pessoas não são e nem representam os 3000 que lá fora e se manisfestavam contra o teu rumo! E tu cobardemente incluiste todos no mesmo saco para poderes retirar dividendos políticos (o Miguel Braga anda a trabalhar-te melhor). É verdade que só o conseguiste fazer porque temos uma comunicação social subserviente a interesses que, neste momento, permitem que consigas manipular a opinião pública.

Escuta Frederico o que te digo… A partir de agora vai ser muito pior! Porque virares os sócios contra a Juve só resultará durante um breve periodo de tempo. Eles têm todo o tempo do mundo Frederico, tu não! O teu tempo está a esgotar-se… E acabará quando quem te sustenta perceber que tem mais a perder do que a ganhar em te manter no poder. Que tu estás a tornar-te tóxico e cada vez mais isolado e dependente dos balões de oxigenio que te permitem sobreviver

Portanto Frederico, quando o teu mandato acabar (se conseguires levar o mandato até ao fim), espero que por baixo do teu retrato na Sala da Direcção esteja um papel que nos recorde permanentemente que tu foste o pior Presidente do Sporting Clube de Portugal de toda a sua História e que sirvas de exemplo de como não fazer às gerações e direcções futuras!

Eu despedia-me enviando-te cordiais Saudações Leoninas, mas já não tenho certeza que sejas Sportinguista e portanto: Cordiais Saudações.