Mês: Dezembro 2019

AS VIRGENS DO I-VOTING!

Mais uma semana, mais um jogo em casa e, surpreendentemente, mais uma vitória. Desta vez contra o Moreirense por 1-0!

Esta semana ficou marcada por um evento onde Frederico Varandas e Rogério Alves aproveitaram para sensibilizar os representantes de 120 núcleos para a necessidade de implementar o I-Voting para eleições e referendos (figura que não existe nos nossos estatutos), deixando a estes, os núcleos, o trabalho de sensibilizar os mais velhos…

Informaram também que iriam entregar uma proposta de alteração de estatutos com algumas alterações mas creio que não chegaram a apresentar nenhuma.

Todos os que me leêm no Banco de Suplentes e/ou que me seguem no twitter, sabem a minha posição sobre o I-Voting e sobre esta reunião.

A reunião é uma vergonha!!!! A maioria dos Sócios do Sporting não está ligado a nenhum núcleo e não permitir que os sócios podessem estar presentes para poderem ser esclarecidos é mais uma medida descabida desta Direcção.

Do que têm medo? Que os sócios façam perguntas incomodas? Que Frederico se babe a responder ou que Rogério gagueje na altura de dar um esclarecimento? É UMA VERGONHA!!!! Uma vergonha a desconsideração que fizeram à maioria dos Sócios! Espero que saibemos dar uma resposta à altura destes senhores!

Relativamente ao I-Voting, ou a possibilidade de votar através da internet (em qualquer lugar), esta hipótese foi defendida a primeira vez pelo Movimento Sou Sporting como meio de trazer mais participação às AGs, pois permitiria que os sócios fisicamente distantes de Alvalade podessem participar nas eleições!

A ideia gerou debate nas redes sociais e logo foi agarrada pela actual Direcção do Sporting Clube de Portugal, prometendo a por em prática o mais rapidamente possível…

Dos mesmos que nos trouxeram os Códigos de Identificação nos votos, que criaram as votação durante os periodos de debate, que limitaram os periodos de inscrição para intervir (não os tempos de intervenção, que isso está previsto no regulamento), que recusam votar requerimentos, propostas e actas e outros atropelos à Democracia Interna, serão os mesmos que irão implementar este “método de votação”.

Só para relembrar porque sou contra:
1 – o processo de votação e contagem é totalmente opaco já que ocorre dentro de um computador;
2 – O controlo e monitorização da votação é feito por entidades terceiras contratadas pelo Clube e sem possibilidade de contraditório, uma vez que o sistema não pode ser auditado por técnicos independentes!
3 – Maior possibilidade de “sequestro” do voto, uma vez que as condições de votação não são iguais para todos, como acontecem na votação presencial em urna;
4 – A individualidade do voto pode ser posta em causa, com uns a poderem votar pela vez dos outros (Até pessoas de outros clubes poderiam votar);
5 – Os cadernos eleitorais são controlados pela MAG que desde a última eleição deixou de ser independente, já que é eleita na mesma lista do CD;
6 – As Listas não poderão ter quaisquer representantes seus a fazer a “vigilância” do acto eleitoral;
7 – Existe muita desconfiança nestes sistemas e são poucos os paises que o utilizam (O Caso mais conhecido é o da Estónia onde a participação não aumentou!);
8 – As eleições passam a ter de acontecer em vários dias!

Não consigo entender que necessidade existe em substituir um Sistema que é conhecido por todos e que até uma criança de 10 anos pode controlar. Nem mesmo a razão da maior participação cola, uma vez que já existe o voto por correspondência que permite a todos os que vivem fora de Lisboa a possibilidade de votarem!

O Sistema actual é perfeito? NÃO! Pode ser muito melhorado? HELL YEAH! Deveriamos testar uma eleição com mais locais de voto? Claro que sim! Por exemplo uma urna em cada Distrito!

Mas não é isso que vai acontecer… O que vai acontecer é mais uma vez a perda da Democracia Interna e o enfraquecimento da voz dos Sócios. E não se admirem depois que a Dinastia Varandas se prolongue ad eternum no poder!

E nessa altura talvez assista às Virgens do I-Voting a transformarem-se repentinamente em Viuvas dele mesmo!!

Não brinquem com a vossa responsabilidade e rejeitem qualquer hipótese de diminuição da importância do Sócio no Clube!

Saudações Leoninas!

OS LEÕES TAMBÉM MORREM!

Parece que perdemos outra vez… Como não vi o jogo, ouvi dizer que foi Galo! Segundo Frederico Varandas, ainda não é para ficarmos preocupados… Aliás parece que é só para os Sportinguistas ficarem preocupados quando for a última jornada e estivermos a lutar por um confortável sexto lugar que, convenhamos, depois de Alcochete, era o melhor que nos podia acontecer.

Eu digo-vos uma coisa. Não estava nada crente nesta Direcção mas, à medida que o tempo passa, vou ficando cada vez mais convencido que esta é a Direcção que o Sporting, os seus sócios e os seus adeptos precisam!

Finalmente uma Direcção entende as verdadeiras ansiedades de quem votou nela e faz uma gestão baseada em “Valores” (negativos) e cujo o objectivo é tornar-nos diferentes! Quanto aos Valores é fácil de ver: mentira, autoritarismo bacoco e desonestidade, são alguns dos tão ambicionados “Valores” que esta Direcção trouxe ao Clube. A estes ainda podemos juntar a falta de democracia nos processos geridos por este OS!

Sem dúvida que nos estamos a tornar um Clube diferente! Aliás estamos quase irreconhecíveis! A ambição foi substituida por retórica vazia e o saber-fazer é agora saber-desfazer! E ainda se intitulam Sportinguistas estes que lá estão… Já estive mais longe de pensar que um Benfiquista ferrenho não fazia tanto “bem” ao meu clube…

Mas enfim, foi nestes que os meus consócios votaram e portanto, são estes que nos têm de levar ao céu (hahahahahahahahah ao céu…) ou ao abismo. Se for este último caso, então que o nome de Frederico Varandas fique bem visível na lápide tumular do Sporting Clube de Portugal!

“Aqui jaz o Sporting Clube de Portugal, morto pelas mãos incapazes do Dr. “Courage” Frederico Varandas e dos seus cúmplices Dr. Rogério Alves e Dr. Baltazar Pinto!” Paz à sua Alma Verde!

Só desta forma aprenderemos a separar o importante do assessório e deixar de lado as conversas torpes de ADN e outras mentiras que nada mais são que substitutos para a nossa falta de vitórias e campeonatos ganhos!

Cuidamos mais dos nossos egos que do nosso Clube e não conseguimos evitar mandar fora o bebé com a água do banho! Fizemos isso a nossa vida toda… O Sporting é clube com mais recomeços e cada vez que isso acontece, acaba muito pior!

Desconfio que o Clube não aguente muito mais as “boas acções” dos “bem intencionados” sócios do Clube, que continuam a agir, ou a reagir, de forma pouco organizada e estratégica, sendo que para se agir no SCP , parece que é necessário formar um Grupo, Movimento ou Facção independente. E assim estamos presentemente!

E assim vamos continuar a estar até que os Sócios percebam e liguem o chip da inteligência outra vez, pois parece que este chip deixa de funcionar sempre que o assunto é o Sporting Clube de Portugal.

Deixo-vos com um pensamento final. O Sporting não é eterno e pode deixar de existir ou ver a sua existência muito dificultada se nós sócios não mudarmos rapidamente de atitude… Verdade que por cada leão que morra, outro se levantará… Mas já não será o mesmo e demorará muito tempo até recuperar a grandeza de outrora!

E se este “Leão” morrer só poderemos culparmo-nos a nós mesmos, do tiro que o matou.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén