Parabéns ao Sporting pela vitória contra o Braga. Foi uma exibição convincente e categórica que nos deixa a pensar onde terá andado esta equipa, que ontem tomou tão bem conta de si, nos últimos jogos disputados.

Mas o assunto principal desta crónica é outro! Não, também não é o Nani.

No passado dia 16 de Fevereiro, a Nação Verde do Sporting Clube de Portugal foi surpreendida por um comunicado da Direcção do Clube em que se anunciava uma Conferência de Imprensa para a próxima sexta-feira, dia 22 de Fevereiro.

Objectivo? Fazer um balanço e expor a situação do Clube desde Setembro de 2018, altura da tomada de posse desta Direcção, para que os sócios fiquem conscientes do “Estado da Nação”.

Não tenho nada contra a que Direcção venha finalmente, e após 5 meses de actividade, falar sobre a situação do Sporting. Estranho que o faça, recorrendo a uma conferência de imprensa e não numa AG. As contas prestam-se aos Sócios e não ao público em geral e são os Sócios que deveriam, em primeira mão, ouvir as novidades que a Direcção vai comunicar.

No Comunicado afirma-se que a realização desta não obsta a que se faça uma apresentação mais detalhada aos Sócios na próxima AG, o que me soa mal porque se a situação for muito grave (como parece indicar o tom do comunicado) só posteriormente saberemos o porquê. Neste hiato de tempo, o Clube será dilacerado por teorias mais ou menos absurdas sobre o tema!

Estranho também que passados somente cerca de 2 meses e meio, desde que foi a aprovação das contas e do Orçamento para este ano, no dia 30 de Novembro de 2018, onde nos foi passado um cenário de crescimento e melhoria dos rácios financeiros, acompanhado da apresentação de lucro no exercício transacto (lembrem-se que estas contas demoraram a apresentar-se), tenham agora necessidade de apresentar a todo o mundo o “Estado da Nação” Verde!

Também as contas da SAD foram aprovadas e nessa Assembleia foi afirmado que não havia nenhum buraco por explicar!

Aparentemente não existe nenhuma razão para esta conferência de imprensa e para todo o alarme que se está a causar com o seu anuncio…

Lendo o comunicado interrogo-me sobre o que querem dizer com o “impunha-se uma gestão silenciosa” e a frase final do comunicado: “Todos são necessários para recuperarmos a essência, o nosso ADN. É fundamental voltar a semear, organizar, investir. E com a força dos nossos Sócios e Adeptos, com o profissionalismo e entrega de todos os que vestem a nossa camisola, por mais dificuldades, por mais rasteiras, por mais adversidades que existam, o Sporting Clube de Portugal resistirá a tudo, continuará o seu caminho e vai reerguer-se.”

Quem andou a pregar rasteiras ao Clube? Que adversidades e dificuldades estão a falar? E porquê este timing?

Claro que este comunicado vago abriu espaço à imaginação dos Sportinguistas e por toda a Net já se fala na venda da SAD à Holdimo, sem passar pela AG… Outros afirmam que o Pavilhão já está vendido. Ou seja, é impossível saber o que raio vai ser abordado nessa Conferência de imprensa e isso faz com que estejamos todos a praticar o nosso desporto favorito. A Especulação! E esta, seguramente não contribui para a União da família Sportinguista, bem antes pelo contrário envolveu já o Clube numa série de discussões e acusações estéreis que adensam, ainda mais, da atmosfera que se vive hoje.

Chego a duas conclusões neste processo todo: Continuamos uns prós na comunicação e para quando um Presidente do Sporting que perceba de Política? É que já começa a enjoar ter de aturar estes amadores todos! E ainda por cima são pagos!!!!!!!

Espero que ganhemos na próxima Quinta-Feira contra o VillaReal ou temo que esta Conferencia de Imprensa se transforme rapidamente num “funeral”, se não é já esse o intuito da mesma…