Mês: Janeiro 2019

TÍTULOS, RATOS E OUTRAS TRAIÇÕES!

Desculpem se não fico todo entusiasmado com o facto de sermos campeões de inverno em futebol 11 masculino, mas para mim, continuará a ser a Taça da carica, mesmo que já não seja patrocinada por bebida de garrafa de cápsula, tal é o valor que lhe atribuo.

Mas atenção que apesar de ser um título menor, não deixa de ser mais uma taça para o museu e uma Vitória para o palmarés do Clube.

Vamos ao que interessa. Então parece que o Ilori vai voltar hein? Se este retorno se comprovar é mais uma excelente medida desta direcção presidida pelo Frederico.

Realmente o Ilori é um excelente exemplo de jogador que respeitou o clube que o formou… Parece que não se importava de ficar 2 anos sem jogar, se não o deixassem sair… É destes exemplos que precisamos para moldar a mentalidade da nossa formação de que tanto nos orgulhamos e que tão bons resultados nos tem trazido.

É vê-los a crescerem como jogadores e a seguirem esses grandes exemplos sportinguistas como o Moutinho, ou Montinho como afectuosamente é apelidado pela massa adepta do SCP, ou então esse outro grande exemplo de homem que é o Simão Sabrosa, ou suinão como ficou conhecido pelas nossas cores.

Li algures que estava na hora de lhes fazer uma homenagem em pleno relvado, durante um jogo do Sporting em casa, pois o seu contributo para o Clube e o seu infindável amor pelo mesmo, mais do que o justificam. Eu até iria mais longe!!!! Já que o facto de essa homenagem ainda não ter acontecido é uma tremenda injustiça e os moços têm toda a razão para estarem zangados.

Também a semana passada, quando o meu coração já rebentava de alegria com o possível retorno desse outro grande Sportinguista que é o Adrien, veio a desilusão e o Clube desmentiu essa hipótese. Fiquei sem reacção de tão triste que fiquei.

Depois pensei “deixa lá… pode ser que no verão seja possível este tão ansiado retorno!”

O Sporting está a ficar engraçado! Lá diz o povo (eu) “diz-me quem valorizas e eu dir-te-ei quem és!”. Ainda nos queixamos? Só temos mesmo o que merecemos! Quem se deita com cães acorda com pulgas! E infelizmente o clube esta infestado.

Ainda na semana passada parece que lá tivemos de ligar ao Salvador e pedir-lhe não sei o quê do Battaglia, depois do trolha ter andado pelas televisões a cuspir-se todo por ter perdido com o Sporting Clube de Portugal! Ao que parece tivemos de prestar vassalagem, não fosse o irmão mais velho do Salvador ficar chateado e mandar um mail!

Entre um e outro assunto, que Frederico falou com o Salvador ao telefone, lá se abordou o escândalo do momento, mais uma facada dada pelo Sporting no futebol português.

E o que fizemos de tão grave? Tínhamos um ex-árbitro com uma avença que cometeu o pecado de comentar nas TV’s jogos do nosso Clube!!!! Definitivamente somos mesmo diferentes…

Este fim de semana jogamos com o Benfica em casa.

Espero que o Doutor Varandas prove que a arte de bem receber está agora viva e recuperada no Sporting e, com toda a pompa e circunstância, receba o Presidente do Benfica na Tribuna Presidencial.

Depois de lá ter estado um rato chamado William… aquilo ficou mal frequentado mesmo.

E pronto… Assim termina mais uma viagem pelo ADN daqueles que nos últimos anos tanto lutaram para ter este Sporting de volta. Bem hajam e lembrem-se que o que é preciso é que haja saúde e que ninguém se aleije. Mas se isso acontecer esperemos que o Varandas MD esteja por perto para nos socorrer.

Saudações Leoninas!

P.S. Um GRANDE ABRAÇO para a equipa de Hóquei que foi à Luz ganhar ao Benfica, provando que ainda há quem queira ser MAIOR neste Clube cada vez mais pequeno!

OUSA DIAS E OUSADIAS & COMP.ª

A Taça da Liga veio outra vez de Braga para Alvalade. Há dias assim. Ousa quem pode e quer, ousadias e companhia em rima com azia(s)…

Se não tinha sido bonito ver a dupla AA, leia-se Abel & António, desta feita não foi bonito ver as medalhas voadoras e uma dela como arma de arremesso contra um adepto. Nem tão pouco aquela falta de chá para assistirem à entrega do troféu depois da equipa do Sporting ter brindado com a devida homenagem.

Aquelas polémicas das imagens que o Benfica reclamou, já ausente da final, não contribuíram para a pacificidade no futebol, mas, disso tudo, não sobram resquícios na dita Comunicação Social.

Por falar em Benfica, polémicas e resquícios…

benfica 1-4sporting

No dia seguinte – ou seja ontem – vimos outro espectáculo empolgante! No caso, em hóquei em patins, com a vitória de sacrifício da equipa de Paulo Freitas na Luz por um concludente 1-4 depois de imenso tempo com um jogador a menos.

Atrevo-me a dizer que tive laivos memoriais de outros tempos!

Em boa verdade, confesso, que alimento a esperança de voltar a ter um Sporting CP com raça, atitude e compromisso em todas as modalidades e em qualquer lugar como o que já vi outrora. Prova-se uma vez e nunca mais se esquece aquele sabor. A memória gustativa aliada à outra que guarda os estímulos sensoriais como aquele que sentimos ao ouvir a nossa canção seja no estádio ou no pavilhão.

O importante, voltando ao jogo jogado, seja no ringue ou no relvado, é vencer!

E quem ousa essa vontade ou tem a ousadia de em dois dias ter bons resultados contra os maiores rivais, merece um louvor à companhia e uma menção de aptidão.

Mas em questão de prémios, para mim, o maior vai para os Adeptos Leoninos que em Braga deram um fenomenal festival de como se deve apoiar uma equipa. Tantas e tantas vezes disse que estes Adeptos são os melhores do mundo e merecem um Clube de uma grandeza europeia.

E como estamos à porta de Fevereiro, o meu mês predilecto, vamos ter um mês empolgante cheio de boas novas e muitas alegrias, que espero, no terceiro dia seja uma delas, porque, em Alvalade, mandamos nós e ganhar ao maior rival é fundamental.

Termino com vasto agradecimento a todos os que lêem o Banco de Suplentes! Percebi que não tem fronteiras geográficas e que é com agrado de muitos que aqui passam para saberem um pouco mais do que pensamos sobre o nosso Sporting.

Obrigado a todos, em especial, aos mais críticos pela coragem de aqui continuarem a ler o que escrevemos.

Saudações Leoninas

A ALMA É O SEGREDO DO NEGÓCIO!

O título da crónica de hoje é uma citação directa do actual Presidente do Sporting Clube de Portugal, Frederico Varandas.

Muitos pensaram que ele se tinha enganado mas, de facto, ele disse a maior verdade sobre o Sporting Clube de Portugal. A Alma é de facto o segredo deste negócio! Sem ela, os Clubes são meros vasos cheios de nada, vazios de essência, sem paixão ou emoção, sem Orgulho e Sentimento de pertença. Sem Alma os Clubes morrem… Desaparecem!

Mas apesar de ter deixado cair, inadvertidamente, esta pérola de sabedoria, o Frederico tem feito exactamente o oposto… Tem abafado a alma deste Clube e das suas gentes.

Esta semana que terminou foi pródiga em negócio e teve muito pouca alma. No sábado passado a maioria dos Sócios que foi assistir ao jogo contra o Moreirense deparou-se com o facto de William Carvalho ter sido convidado do Presidente, Frederico Varandas, para assistir ao jogo no camarote presidencial.

Está dada a mensagem a todos os atletas do clube! “Podes sair como quiseres, desrespeitar-nos que sempre te receberemos de braços abertos!” Desde que haja saúde e ninguém se magoe…

Respeito? Qual Respeito? Não!!!! Isso é para gente com coluna vertebral! Isso é para gente que não se verga perante as adversidades e que não se agacha perante os falsos poderes, tornando-se conivente!

Dar-se ao Respeito dá muito trabalho e traz muitas chatices para quem só quer um Clube para se entreter e ter um camarote para receber os amigos e partilhar um flute!

As nossas elites não precisam de Respeito! Precisam de dinheiro e visibilidade! As nossas elites só abrem a boca para “arrotar” um conjunto de alarvidades e poderem usufruir do primetime que a comunicação Social lhes oferece se malharem no Clube!

Acabem-lhes com as mordomias e os títulos de Conselheiros e estas elites ficam loucas de raiva… Mas a presença do William Carvalho ao seu lado, isso não lhes provoca nenhum problema. O que importa é o acesso à tribuna VIP com tudo o que têm direito.

Mas a semana não acabaria sem que no domingo se soubesse, pela boca do próprio Adrien, que o Sporting lhe tinha feito uma proposta para ele voltar!! E logo ele só andou 2 anos a forçar a saída, com birras sucessivas e ameaças, tal era o amor pelo Rampante! E logo ele que está a fazer uma carreira tão brilhante no Leicester…

Estes dois exemplos demonstram bem qual o estado do Sporting actual e a razão pela qual o Clube é “espezinhado” por toda gente na praça pública. Não sabemos nos dar ao Respeito.

Alem disso Frederico tu próprio não respeitas a Instituição que Presides. E o pior de tudo, é que contigo, nem Alma nem segredo, nem Negócio. Contigo o Sporting somente terá uma mão-cheia de nada.

Saudações Leoninas

SÁBADO DE FAMÍLIA LEONINA

Sábado foi um dia daqueles que vivemos várias emoções, mas, sempre, por um Sporting melhor e maior.

Estive no estádio a ver a vitória, um pouco sofrida, frente ao Moreirense por 2-1. E fui criticado por ir. O que vale é que faças o que fizeres, és sempre criticado e confesso-vos já estou habituado e nem dou muita importância. O importante é fazer coisas!

Depois foi um jantar com uma boa conversa. Tudo com tempo e serenidade que depois daquele jogo de resultado indefinido até ao fim, toda a tranquilidade era necessária.

Seguiu-se um pouco de descontracção como a foto documenta. Boa música, boas conversas e muitas novidades vão surgir, mas, essas, ficam para depois até porque prometem dar que falar…

E já ao fim da noite, de regresso a casa, até tive direito a ser parado pela Polícia, soprar no balão e seguir tranquilamente. Mas fiquei a pensar naqueles profissionais de segurança pública que passam as noites a trabalhar ao frio e em prol do cidadão anónimo, mas que na maioria das vezes não são reconhecidos.

E isto fez-me lembrar tantas coisas…

Mas o saldo do passado sábado foi bastante positivo. Mais momentos destes acontecerão e a família Leonina continuará unida, forte e confiante. Ou não fossemos todos LEÕES!

Saudações Leoninas.

DA EXIGÊNCIA!

Apesar de tudo que se possa pensar, o Sportinguista não é exigente! Não está no seu sangue sê-lo e por isso somos diferentes…

E não me venham com tretas!!! Um Clube com o número de sócios e adeptos como o nosso, se não ganha há 18 anos, é por falta de exigência dos seus! É porque nós não o exigimos, nem sabemos demonstrar a nossa frustração a quem compete pelas nossas cores.

“Ai mas fomos roubados e tal!” Verdade! Totalmente verdade! E o que fizemos para lutar contra os que nos roubam e gozam com a nossa cara descaradamente e muitas vezes na nossa própria casa? NADA!!!! Lamentámo-nos! Chorámos muito e enfiámos a cabeça na areia pela enésima vez, à espera da próxima situação em que nos pudéssemos lamentar outra vez.

Eu inclusive já ouvi distintos Sportinguistas afirmarem peremptoriamente que não queriam ganhar a todo o custo, porque não valia tudo para ganhar!!!! O que eu nunca consegui perceber é o que é que esses distintissimos e notáveis sócios estavam dispostos a fazer para ajudar o seu Clube a ganhar.

Parece que, para estes, ganhar é uma condição inerente ao existir, tipo título nobiliárquico… somos nobres porque nascemos nobres. Basta existirmos para sermos tão grandes como os maiores da Europa…

Nestes anos todos ouvi falar que a formação fazia parte do nosso ADN, que o ecletismo também fazia, ou seja, tudo coisas giras e boas para substituir a falta de vitórias! O Sporting é um Clube! Tenha 1, 2 ou 20 modalidades tem de ser campeão em TODAS ELAS!!! TODAS!!!! Se calhar ainda não leram bem…TODAS!!!!!!!

E é para lutar até ao fim em todas, tenha a equipa qualidade ou não!!! Que se substitua a qualidade pelo querer e vamos ver se não começamos a ganhar mais vezes????

Quero ver olhos a chorar de raiva quando perdemos, tanto nas equipas como nos sócios. Quero ver homens destroçados porque deram tudo e não ganharam a batalha.

Quero ver caras fechadas e sobrolhos franzidos quando forem às conferências de imprensa e não como acontece hoje em dia que parece mais um dia no escritório…

E quando isso não acontecer, quero ver recepções aos jogadores quando não acharmos que deram tudo o que podiam! Quero que a Direcção os responsabilize a eles e às respectivas equipas técnicas pelas derrotas!

Quero ver o Estádio e o Pavilhão em ebulição nas vitórias e em turbilhão quando perdemos! Não quero que ninguém tenha descanso no Sporting! Ou vêm para dar o máximo ou podem ir andando!

“Ah mas foi por discursos desses que aconteceu a Academia!!!” Não! A Academia aconteceu porque nós enquanto sócios e adeptos não soubemos mostrar aos jogadores que NINGUÉM está acima do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!!! Que se eles não dão o litro, serão apertados por nós, como acontece em todos os CLUBES que querem ser campeões!

Ou vocês acham que em Itália, em Inglaterra ou na Alemanha, países onde existem hooligans, tifosi e afins (só para que entendam), os jogadores andam de rédea larga? Pois é… Vejam o Porto e o Benfica, a pressão que os seus adeptos exercem sobre jogadores e sobre árbitros e afins?

Para os profissionais do desporto, a falta de exigência de vitórias e títulos faz com que amoleçam e percam o foco.

Mudou o discurso e as nossas modalidades começaram a perder.

Temos treinadores que mais parecem comentadores do que responsáveis por equipas técnicas, tal é o desassombro com que falam dos jogos! Se um treinador não demonstra ambição, como pode exigir que os seus jogadores o sejam?

Se um Presidente não é exigente, como pode exigir o que quer que seja às equipas técnicas e jogadores?

Se os adeptos e sócios não são exigentes… Como pode um Clube sê-lo?

Os nossos problemas começam em nós e enquanto nos entretivermos com as autofagias e a brincar ao Game of Thrones – Sporting Edition, continuaremos a ver o Porto e o Benfica a ganharem e a dominarem tudo o que é desporto nacional e as suas instâncias de poder.

E nós? Nós continuaremos a viver das glórias do passado, falidos e sem cheta, à espera de casar a filha com um burguês endinheirado qualquer, que traga dinheiro a esta “família de Nobre linhagem” que enche o estômago à conta do passado cada vez mais remoto!

Saudações Leoninas

O MISTÉRIO DOS PÁSSAROS

Fui a Alvalade ver o clássico. E foi uma experiência muito interessante. Mas explico porquê. Ainda o jogo não tinha começado e fixei-me numa coreografia na bancada onde cadeiras ardiam.

No relvado estava sempre concentrado no mistério dos pássaros, vulgo pombos, que dançavam e comiam nos espaços isentos de futebol, que, diga-se de passagem, eram bastantes. Foi quando reparei no débil estado do relvado.

Outrora veio à memória o lastimável relvado que tivemos, mas, que, felizmente foi resolvido. Diria que tive um sobressalto no pensamento. Mas, os pássaros, andavam sempre juntos num número interessante: 7. Ao intervalo apareceu mais um, que, logo, o apelidei de treinador daquela bonita coreografia. Não imaginava o prenúncio daquele 8 no relvado ao intervalo. Percebi depois…

Outros pássaros faziam uma coreografia aérea de significativa beleza. Voos rasantes, um passou por mim, e eu tão longe do relvado, quase em agradecimento por estar tão atento ao seu espectáculo.

Por tudo isso, foi gratificante voltar a Alvalade para ver um jogo ao meio da tarde. Confesso que tinha muitas saudades até por estar farto das jornadas nocturnas e aos dias mais impróprios.

Fiquei fã dos pássaros e alguém ao meu lado dizia que poderia ter alguma simbologia. Quiçá um novo símbolo. Não acreditei muito nessa possibilidade, confesso, mas ainda hoje estou para decifrar aquele que é para mim o mistério dos pássaros.

 

FRUSTRADO!

Gostaria que a minha primeira crónica de 2019 fosse a seguir a uma vitória, mas infelizmente o Sporting perdeu ontem, fora, com o Tondela por 2-1.

Por questões laborais não pude ver o jogo e não sei exactamente se merecemos perder ou não, mas esta derrota antes do Clássico contra o FC Porto, deixa-me com muitas reservas sobre o resultado desse jogo.

No último jogo que assisti em Alvalade, contra o Belenenses SAD, a equipa não se conseguiu encontrar e fizemos um mau jogo de futebol, com a estrelinha da sorte a sorrir-nos e a conseguirmos fazer 2 golos, de belo efeito, é verdade, mas um pouco contra a corrente do jogo.

Parece que falta alma… O querer eu diria que está lá, pois eles lutam até ao fim, mas falta a chama, falta sentir o orgulho de jogar no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL! Os jogadores são profissionais? Eu diria que sim. Mas quando sentem o Clube, quando existe comunhão com os adeptos, as equipas tornam-se electrizantes.

Vejam o exemplo dos desportos disputados em Pavilhão. Vejam como as equipas reagem ao apoio dos adeptos. Vejam a diferença.

Também nós sócios e adeptos voltámos a Alvalade mas não se vê a eletricidade no olhar de quem lá está. A malta parece que vai à bola para cumprir calendário, ou para não perder o dinheiro da GameBox. A euforia de outros tempos parece estar apagada, o orgulho e a crença naquilo que o Clube podia conseguir parecem estar desaparecidos.

Admito que estou muito frustrado com a derrota de hoje. Ou se quiserem estou frustrado com este Clube já há uns meses. E os discursos vazios, cinzentos e pardacentos da Direcção, ou os realistas do Keizer não ajudam.

Espero que fosse isto que pretendiam quando quiseram a paz voltasse ao clube. É que em vez de paz, trouxeram a pasmaceira, a mediocridade e a falta de orgulho, que tantos sócios e adeptos nos custou para os clubes rivais.

Se era isto que pretendiam pois parabéns! Espero que ao menos se orgulhem das novas piadas feitas à conta do Clube… Felizmente que o circo acabou, pelo que os palhaços que ainda vejo, devem ser só alucinações provocadas pela frustração crescente.

Ah e já agora, a Tertúlia devia aconselhar o Frederico a fazer um vídeo motivacional a ver se a equipa reage… Tendo em conta os exemplos passados, pode se calhar envolver crianças encapuçadas, com cintos de pelúcia a fingir que castigam os jogadores, enquanto jogam bombinhas de carnaval para dentro do balneário!

Para tudo ficar mais ternurento, podem encher a cabeça do Dost com doce de morango!

É só uma ideia! Se o vídeo de natal foi o que foi, talvez este sirva para motivar o grupo.

Saudações Leoninas.

 

CRÓNICA DO IR LÁ DAR UMAS LAMPARINAS

Nos dias que antecederam o Natal, saiu a decisão do processo e-toupeira, de não levar a julgamento a SAD do rival de Lisboa.

Afinal, parece ter tudo saído da cabeça de Paulo Gonçalves. Toda a sua ação, segundo a decisão da Juíza foi decisão dele. Só não ficamos a saber se haveria algum tipo de autoria moral, de alguém, que, talvez, tivesse incentivado esse tipo de comportamento. A pergunta parece ter ficado respondida, pelo menos para a Juíza, Paulo Gonçalves agiu sozinho. No fundo um Lee Harvey Oswald dos tempos modernos.

Mas pergunto, será que Paulo Gonçalves não viu, mesmo, algum tipo de “incentivo” na instituição que servia de comportamentos menos éticos e menos cívicos? Pelo que saiu a público pelo ex-candidato – Bruno Costa Carvalho – à presidência do nosso rival de Lisboa, parece que sim, havia certos incentivos que vinham de cima.  Vamos ler o que este escreveu.

brunocostacarvalho.jpg

Pelos vistos o CEO da SAD incentivava comportamentos pouco éticos e perguntava ao “funcionário” Paulo Gonçalves, como foi classificado pela Juíza, e perguntava também a João Gabriel, que deve ser outro “funcionário”, se “podem ir lá dar umas lamparinas”. Imagino que “lamparinas” sejam os prémios atribuídos aos seus Sócios e adeptos. Pelo nome deve ser.

mailslb

Portanto ficámos a saber, por Bruno Costa Carvalho, que os dados pessoais dos seus sócios “passeiam” pelos e-mails do CEO e de “funcionários”. Também no nosso clube andaram os nossos dados a passear, não por mail – que se saiba – mas por pen. Aliás, as diversas queixas crime que foram feitas já estão a ser investigadas, pois o DCIAP já chamou Sócios do Sporting para prestarem declarações acerca desse tema.

Com estas evidências, trazidas a público por um destacado Sócio do rival, pareceram-me muito suaves as declarações oficiais da Direção do nosso Sporting.

SCPe-touperia.png

“A Sporting SAD tomou conhecimento da Decisão Instrutória hoje proferida no processo denominado como e-toupeira.

A decisão anunciada, na medida em que partirá do princípio que os arguidos agora pronunciados atuavam por sua conta e risco, é, pelo menos aparentemente, incompreensível.

A Sporting SAD analisará os fundamentos da decisão, reservando o direito de recorrer do teor da mesma, sempre com o objetivo de repor a verdade desportiva.”

 

Sim de facto foi “incompreensível” a decisão mas também é incompreensível a brandura da reação da nossa Direção, ou talvez não, pois com as práticas do rival, nunca se sabe, se não há algum “funcionário”, que por sua conta e risco faça “alguma coisa” e por isso é que esta é a crónica do ir lá dar umas lamparinas.

Um Abraço de Leão.

Nuno Sousa – Sócio 9.575-0 desde agosto de 1981

 

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén