DOMINGO DE CINZAS

“Jamais se desespere em meio das sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.” – Provérbio Chinês

PONTO PRÉVIO

Sou o fundador do Blogue Banco de Suplentes. Convidei algumas pessoas para aqui escreverem de forma livre e sem condicionalismos.

Tudo o que aqui escrevo é o que penso, no que acredito e só a mim me responsabiliza.

EPISÓDIOS EM AVULSO

Ontem, domingo, 11 de novembro de 2018, foi um dia triste e cheio de episódios em avulso, que, de certa forma, ligam-se a outros episódios que aconteceram e, provavelmente, aos que ainda irão acontecer. Mas vamos aos episódios.

O EPISÓDIO DA NOVA ASSEMBLEIA GERAL DO SPORTING CP

A notícia espalhou-se na CS de que, em breve, presumidamente, aconteceria uma AG onde seria decidido a situação dos membros da anterior Direcção. Foi tornado público quer o envolvimento do actual PMAG Dr. Rogério Alves, quer a insatisfação da Dr.ª Rita Garcia Pereira.

O EPISÓDIO NO NÚCLEO DE LONDRES

Foi notícia na CS que o actual presidente do Sporting não cumprimentou Mustafá na sua visita ao Núcleo Sportinguista de Londres. Não houve nenhum desmentido nem esclarecimento.

DOMINGO – PARTE 1 – COMUNICAÇÃO SOCIAL

A informação antecipada. Depressa se difunde que Bruno de Carvalho está detido. E esta informação vai sofrendo alterações em alguns aspectos. Chega as redes sociais.

DOMINGO – PARTE 2 – MUSTAFÁ

O líder da claque Juventude Leonina é detido. As notícias espalham-se e as televisões avançam com a apreensão de droga. Caso que não é virgem nas claques ou nos grupos organizados de adeptos.

DOMINGO – PARTE 3 – A DETENÇÃO

O Dr. José Preto já prestou algumas declarações à RTP. Destaco a estas declarações porque, na minha opinião, são de uma perspectiva que não deve ser negligenciada.

Não era, na minha opinião, necessária, de todo, este constrangimento público de uma detenção a um domingo, perto do jogo do Sporting, e de quem sempre se manifestou colaborante com a Justiça e que sempre quis ver este caso “Alcochete” resolvido.

DOMINGO – PARTE 4 – A INOCÊNCIA

Tenho que fazer esta declaração por consciência e carácter: Eu acredito na inocência de Bruno de Carvalho. Acredito que o tempo irá demonstrar esta minha profunda convicção. Respeito quem não concordar comigo. E desejo que tudo seja rapidamente esclarecido.

Estou ao seu lado! Este é um momento particularmente difícil para ele – o Homem, pai e filho – em que é necessário alguma serenidade e contenção com o que se atira contra a pessoa.

E, todos sabemos, que não terá uma CS a apoiá-lo nem comentadores a justificar a sua inocência como vimos sobre, por exemplo, o Dr. Paulo Gonçalves.

Bruno de Carvalho é presumivelmente inocente até prova em contrário. Chama-se a presunção da inocência.

DOMINGO – PARTE 5 – A CONTRAINFORMAÇÃO E AS EVENTUALIDADES

O Sporting não tem paz! Nem nunca terá enquanto tudo não for devidamente esclarecido.

Impressiona-me a rapidez com que alguns comentadores televisivos colocam em causa a probabilidade de os jogadores terem razão nas rescisões que fizeram com o Clube.

Impressiona-me a conivência e a ajuda que muitos Sportinguistas dão no processo de contrainformação e da credibilidade que dão a algumas eventualidades sobre o Sporting.

DOMINGO – PARTE 6 – O JOGO E A VITÓRIA

E o jogo de futebol passou para segundo plano. Mas teve uma vitória importante. Sofrida. Até estranha com uma arbitragem anormal – para o que estamos habituados e idêntica ao jogo de Tondela – e com a ausência notada da maior claque do Sporting: Juve Leo!

Um agradecimento especial ao Tiago Fernandes por esta grande jornada da sua vida com três memoráveis jogos. Desejo-te tudo de bom!

CONCLUSÃO

A melhor conclusão é a de que não se pode, ainda, tirar conclusão deste domingo atípico e que ficará ligado ao Sporting, quer se queira ou não, como um trágico domingo.

É preciso serenidade. Paciência. E discernimento para saber filtrar toda a informação que é divulgada na Comunicação Social.

 

Comentários do Facebook

Previous

ODE À TÉNIA LARANJA

Next

CRÓNICA DO CRIME

2 Comments

  1. Ricardo

    Ninguém de boa fé consegue acreditar que BdC alguma vez venha a ter um julgamento justo em qualquer tribunal português. Cada vez mais isto se perfila para terminar em sede de Tribunal Europeu e, caso os deuses não estejam loucos, terminar com um autêntico vexame de Portugal enquanto Nação à frente do Mundo inteiro.

  2. Cristina Carrilho

    Pela forma como a justiça está em Portugal, com a conivência do poder político e da comunicação social, dificilmente o nosso presidente sairá ileso desse julgamento. Eu acredito genuinamente na sua inocência e estarei a apoia-lo no que puder.

Deixe-nos o seu comentário

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: