“Se o senhor Varandas vem com o mesmo propósito, não deverá lá ficar muito tempo. Se ele se preocupar só com o Sporting, pode ter algum sucesso. Se olhar para o vizinho do lado, não. Porque o vizinho do lado já vai com um andamento que ele nunca mais vai lá chegar.” Vieira, Luís Filipe TVI 30/10/2018

Ía acontecer mais cedo ou mais tarde, assim que os resultados da sua agremiação fossem piores que melhores, seria uma questão de tempo até o ainda “Dono Disto Tudo” apontar baterias ao seu alvo preferido, o Sporting Clube de Portugal.

Fica bem visível neste “aviso” que o presidente dessa agremiação fez, que ele sabe, e sabe muito bem, como se faz para tirar um presidente do Sporting desse cargo, pois se um qualquer presidente do Sporting “olhar para o vizinho do lado”, então “não deverá estar lá muito tempo”, pois o dito “vizinho do lado já vai com um andamento que ele nunca mais vai lá chegar”

Isto diz muito de nós Sportinguistas, diz que nunca nos soubemos defender dos fatores externos, como são exemplo estes vizinhos indesejados que temos, e há até uns ditos Sportinguistas que acham piada, dão credibilidade a estas tiradas dos adversários e até apoiam, caso o presidente do Sporting não seja aquele em que tenham votado, ou porque simplesmente acham que têm fair-play ou “são diferentes”.

Quantas vozes Sportinguistas sempre prontas a “falarem” se levantaram a defender o Sporting e o seu presidente deste aviso do “Dono Disto Tudo”?

“Sobre o doutor Vieira, fiquei sensibilizado com a preocupação da longevidade do meu mandato, pode contar com o Sporting a lutar pela verdade desportiva, valorização do futebol português, implacável na luta contra a corrupção. Se me perguntam o que acho do caso e-Toupeira, tenho a dizer que é uma vergonha. Se me perguntarem 20 vezes, direi 20 vezes que é uma vergonha” Varandas, Frederico 3/11/2018

Frederico Varandas esteve bem a responder à pergunta feita pelo Expresso acerca do processo E-Toupeira e esteve ainda melhor na contrarresposta a Luís Filipe Vieira… perdão, na resposta ao doutor Vieira.

varandasdoutorvieira

Mas, não podemos esquecer que os atacados de “hoje” são os beneficiários de “ontem”, pois quando o mesmo doutor Vieira disse que “ía fazer uma ou duas loucuras atacando jogadores do Sporting, pois não se esquecia dos ataques feitos por Bruno de Carvalho”, ninguém dito Sportinguista, notável e com voz se indignou. Pelo contrário o que vimos foram disparatados pedidos públicos ao amigo Vieira para nada fazer. Vimos também, após as ditas afirmações, alguns atos de subserviência inaceitáveis, que incluíram passeatas pela tribuna da Luz.

“Foi uma decisão de tal maneira precipitada que o Sporting anda à procura de soluções. Aquilo que fez, fê-lo sem ter uma solução credível, rápida e que pudesse, de facto, ser aglutinadora. Por isso, acho que foi algo que não se justificava de maneira nenhuma” Dinis, Carlos vice-presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol 2/11/2018

Também da Associação Nacional de Treinadores veio um ataque. Desta, e da sua atividade, confesso que só tinha ouvido falar quando Marco Silva foi despedido. Agora com o despedimento de José Peseiro deram um novo sinal de vida. Mas, haverá ato de gestão mais “normal” de uma equipa de futebol que despedir um treinador de futebol? Não é uma questão de se concordar ou não com a decisão, é uma questão de legitimidade de um presidente, qualquer que ele seja, em despedir um treinador. É que um presidente tem essa legitimidade… exceto o presidente de um clube, o Sporting, no entender destes da Associação de Treinadores.

“Enquanto presidente do Sporting faço o que achar melhor para o Sporting, o resto não interessa” Varandas, Frederico 3/11/2018

Também aqui, esteve bem Frederico Varandas na contrarresposta dada, sem sequer nomear o nome destes. Vamos estar atentos ao que têm a dizer com os despedimentos que aí vêm, e ao que vão dizer os senhores da dita Associação. Sabem o que vão dizer? Isso mesmo, nada!

Vai chegar o dia em que o Sindicato dos Jogadores vai criticar Frederico Varandas, seguir-se-á o Sindicato de Jornalistas, e por aí fora, pois os “beneficiários de ontem” serão os “atacados de amanhã”. Bruno de Carvalho foi atacado, “amanhã” será assim com Frederico Varandas, no meio disto tudo um denominador comum: “quem se lixa sempre é o Sporting”.

Em conclusão, parece que Frederico Varandas “sentiu-se picado” pelo tratamento que lhe foi dado por Carlos Dinis e principalmente por Luís Filipe Vieira, e de uma só cajadada matou dois coelhos. Correu-lhe bem este primeiro confronto, e por isso chamei a esta crónica, a crónica do encontro entre Doctor Vieira e Mister Varandas

Um abraço de Leão

Nuno Sousa – Sócio 9.575-0 desde agosto de 1981