O maior e mais doloroso fim-de-semana da história recente do meu Clube terminou como começou, com uma derrota pesada do Sporting C. P.!

Maior fim-de-semana pelo feriado do 5 de outubro e mais doloroso por ter acumulado derrotas pesadas e a perda de dois títulos de imediato e, provavelmente, fomentado a inviabilidade da conquista de outros.

A cronologia dos factos:

5 de outubro de 2018 – Perda da Supertaça de Voleibol por 3-0 com o Benfica.

6 de outubro de 2018 – sem a perda de um título o Sporting, em Alcochete, perde 1-0 com o Estoril-Praia em Sub-23 (com um penálti que não existiu).

7 de outrubro de 2018 – Sporting, também em Alcochete, perde 0-3 em juniores com o Benfica.

7 de outrubro de 2018 – A perda da Supertaça de Hóquei em Patins por 4-1 para o Porto.

7 de outrubro de 2018 – E a derrota em Portimão por 4-2 em futebol profissional masculino.

Mas, como muitas vezes é dito, o importante é o futebol sénior, por isso, concentremo-nos no jogo de ontem:

PORTIMONENSE 4 – 2 SPORTING CP

Portimonense, antes da partida, era o último classificado. Factual.

Um onze inicial com a surpresa e o luxo de ter Nani no banco de suplentes.

E uma primeira parte com uma boa entrada do Sporting mas sem eficácia.

Cinco remates em que nenhum acertou na baliza chegavam para traduzir o que ali se passava.

Sofre 2 golos, no primeiro Ristovski vem a passo, e o pior de tudo, Salin sofreu concussão cerebral quando bateu com a cabeça no poste no segundo golo dos algarvios.

IMG_1693.JPG

Uma segunda parte diferente mas insuficiente pela entrega do Portimonense e pela magia do melhor jogador em campo: Shoya Nakajima!

Gestão surpreendente de Nani com três jogos e três condições diferentes: não convocado, titular e suplente utilizado na segunda parte e a perder por 2-0. Entra Nani e é outra classe. Outro perfume em campo. Assiste Montero. Assiste Coates. Mas já acordaram tarde demais…

Mas a derrota começou muito antes!

img_5888-1

Ninguém se esquece da cabeçada uns dias antes que o presidente do Portimonense Rodiney Sampaio deu ao jogador cedido pelo Sporting Rafael Barbosa que originou um Comunicado conjunto!

E ontem ver aquela Tribuna com Sousa Cintra e Frederico Varandas ao lado dos dirigentes do clube de Portimão é um mero episódio a lembrar o da Luz.

tribuna

Sobre o actual presidente do Sporting registo um dado, no mínimo, curioso:

O mesmo homem que se demitiu por causa de um ataque a Alcochete (academia) sentou-se ao lado de quem agrediu um jogador do Sporting. Dá que pensar ou são os novos tempos da pacificação do futebol português…

Está tudo bem!

AAA.jpg

A terminar, deixo-vos uma nota muito pessoal, que envolve esta névoa de profunda tristeza que é ver o meu Sporting CP perder nas modalidades [Voleibol, Hóquei em Patins e Futebol] e no futebol em diferentes escalões [juniores, sub-23 e o profissional masculino]:

Não me acusem, s.f.f., de não querer o que o meu Clube ganhe sempre, nem digam que o que escrevo é para defender Bruno de Carvalho. Não mereço essa injustiça! Já basta a dor das derrotas. Escrevo-vos com sentimento e alma com base nos factos indesmentíveis que denigrem a imagem do Sporting.

Escrevo-vos com a dor deste sofrimento atroz que é ver o Sporting perder!

Será que há algum Sportinguista não sente o mesmo que eu?