RAPHINHA É CRAQUE E O FUTEBOL É REI

Não será excessivo dizer-vos que considero o Raphinha uma das maiores promessas do futebol actual em Portugal. Gosto do miúdo! E não foi por ter marcado um golo ontem que mudou alguma coisa. Fiquei feliz, em especial, quando soube que tinha assinado pelo Sporting CP.

E por abordar o ontem, Alvalade assistiu a mais um jogo de futebol com uma saborosa vitória do nosso Sporting! O resumo e em especial os golos  pode ver aqui!

José Peseiro disse à Sport TV que a sua equipa está cada vez melhor. O Treinador ainda acrescentou: “Controlámos bem a transição do adversário, 3-1 é justo mas podia ser mais um ou dois golos.”

Na verdade, além das vitórias ajudarem, o futebol é rei e o que os adeptos querem é que o Sporting ganhe os seus jogos e com isso conquiste títulos. Sendo este jogo para a Taça da Liga e sendo o campeonato o principal objectivo, o que importa é ganhar e se possível com boas exibições para colmatar as tristezas que, aqui e ali, todos temos!

Bruno Fernandes fez o seu primeiro jogo a titular como capitão e certamente irá recordar este dia, até porque, ainda acrescentou os dois golos decisivos que garantiram a vitória sobre o Marítimo.

Mas, para mim, o grande teste é precisamente dentro de uma semana no Estádio Municipal de Braga quando, para o campeonato, se defrontarem os dois líderes (com o Benfica) da Liga Portuguesa de Futebol. Um jogo para ver: 24/9/2018 às 20h15m.

Em boa verdade, o futebol é rei e resolve muitas situações, adia outras e também cria alguns problemas quando a bola bate no poste e não entra.

Seja como for, ainda tenho muitas esperanças em algumas coisas:

  1. conquistar este ano o título de campeão nacional
  2. ver um final feliz e justo em todos os casos de ilegais que andam por aí
  3. ter o meu grande Sporting de volta

E se o futebol é rei, nunca poderemos esquecer-nos que um grande Clube não é só o futebol. Existem as modalidades que tantas alegrias dão!

Boa semana para todos!

 

Comentários do Facebook

Previous

A NORMALIDADE!

Next

NO REINO DO CROQUETTE!

1 Comment

  1. Ricardo

    O problema, Paulo, é que me parece que, à típica portuguesa, só poderás ter uma dessas situações. Por cá, leva-se muito à letra aquela frase saxónica do “you can’t have it both ways”.

Leave a Reply to Ricardo Cancel reply

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: