“Vale mais um sábio inimigo, do que um amigo ignorante”
(Jean de La Fontaine)

 

Em conversa com um amigo, companheiro de bancada no estádio e segundo ele, adepto fervoroso do Sporting, a paixão da sua vida, ouvi dele esta preciosidade:

“Eu gostei muito do regresso dos que rescindiram e muito sinceramente estou me a borrifar para quem manda ou vai mandar no Sporting. Eu no dia 8 nem vou votar.  Se arrebentarem com o clube arrebentem, já estou cansado de tanta guerra e esquemas e coitadinhos e pelintras e ladrões e etc. etc. continuo a apoiar os atletas, o resto estou-me borrifando”.

Fiquei siderado. Adepto fervoroso do Sporting,? a paixão da sua vida? e está-se borrifando para quem manda ou vai mandar no Sporting? então pactua com quem tem como único interesse servir-se do Sporting? com quem delapida o seu património? com quem enche os bolsos com transferências empobrecendo cada vez mais o clube que diz ser a sua paixão? com quem quer que o Sporting seja vendido a entidades estranhas ao clube? com quem afasta do clube atletas só porque não concordam com a ladroagem que andam a fazer?

Não respondi. Não vale a pena. Eu não misturo as coisas. Mas tenho muita dificuldade em manter “amizades” destas. Começo a pensar: O voto deste gajo vale o mesmo que o meu. Este é dos tais gajos que se está borrifando. Este gajo e outros como ele são os verdadeiros responsáveis pelo estado miserável em que o meu país se encontra. Isto já não tem nada a ver com o estado do Sporting. Estas mentalidades do “estou-me borrifando” têm tudo a ver com a minha vida, com o meu país, onde o roubo, a corrupção, o não respeito pela lei e pelos outros é uma normalidade.

 

“Estou-me borrifando”. Só que eu não aceito. só que eu defendo a legalidade. só que eu respeito as leis. Só que eu quando há eleições nunca votarei em quem limita a minha liberdade. Só que eu sou contra ditaduras. só que eu nunca me calarei. SÓ QUE EU NÃO ME ESTOU BORRIFANDO.

Caros Sportinguistas (dirijo-me aos que se dizem anti Bruno de Carvalho), se vos resta um pingo de dignidade. Pensem no que estão a fazer. Analisem o que esta putativa comissão tem andado a fazer. Vejam os perfis desta gente (hoje em dia até é muito fácil, baste consultar o Google). Avaliem também e sem preconceitos o trabalho que Bruno de Carvalho realizou no período em que foi Presidente. Façam o balanço de tudo isso.

 

Em consciência… o que vos parece? Acham mesmo que o Sporting sem Bruno de Carvalho vai ser alguma coisa que se veja? Quanto mais não seja… gostam mesmo que os responsáveis do Sporting estejam na tribuna da luz a prestar vassalagem aos dirigentes do clube que nos tem enxovalhado ao longo dos anos?

 

Não me parece e até digo mais, não tenham vergonha de voltar atrás no vosso pensamento. As pessoas de bem mudam humildemente de ideias. Não são obrigados a gostar do homem Bruno de Carvalho, ninguém vos pede isso mas deixem-no ser Presidente do nosso clube. Vocês em consciência sabem que só ele pode honestamente conduzir os destinos do nosso SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

 

Juntem-se aos fiéis Sportinguistas, para que com Bruno de Carvalho possamos proclamar com entusiasmo e amor ao clube, o desejo de José de Alvalade:

“QUEREMOS QUE O SPORTING SEJA UM GRANDE CLUBE, TÃO GRANDE QUANTO OS MAIORES DA EUROPA”.

 

Confio em todos vocês

Arthur Santos