AS DUAS ACTAS…

É possível que hajam duas actas da AG de 23? Esta questão levantada por José Preto, advogado de Bruno de Carvalho, na sua justificação do porquê da suspensão dos resultados da AG de 23 de Junho, onde foi votada a destituição do CD liderado por Bruno de Carvalho!

Rita Garcia Pereira já veio tentar responder dizendo que existia uma parte da acta que tinha sido lavrada e certificada pelo notário e outra que seria a acta da Mesa da Assembleia Geral que não teria passado pelas mãos do notário! E que só a primeira teria sido entregue ao tribunal!

Também foi tornado público por José Preto que a Acta somente tinha a percentagem de votantes apurada  e não continha referencia ao número total de votantes, ao número de votantes em cada opção e à forma como se apuraram as percentagens.

Logo de partida assalta-me uma questão! Porque é que vem a Garcia Pereira justificar a questão da Acta e a MAG ainda não se pronunciou sobre este caso? Sim porque é à MAG e ao seu Presidente, o muy Notável, flamboyant infant terrible e Inovador incompreendido do Associativismo português, Jaime Marta (foi ele o inventor da opção “Abstenção” no boletim de voto), que compete vir justificar este imbróglio (é só mais um) jurídico que provocaram!

Como é que a acta pode ser fidedigna daquilo que se passou na AG se não tem as informações mais relevantes do que lá se passou? Que não estivesse plasmado em acta os resultados por mesa ainda entendo! mas não virem os gerais?

E porque é que a acta só foi certificada passados 4 dias do fim da Assembleia? E porque é que os sócios não têm acesso à acta? É  que se não sabem, nós Sócios temos o direito de consultar as Actas do nosso Clube!

Se já tinha muitas dúvidas dos resultados daquela AG, agora fiquei ainda mais desconfiado! Deixo-vos algumas das minhas interrogações:

  1. Porque é que não foram anunciados o total de votantes e votos apurados, quer global quer por opção de voto, como aliás é costume fazer-se, tendo sido somente divulgadas as percentagens de voto em cada opção?
  2. Como é possível que o “Não” não tenha ganho em mesa nenhuma, nem nas mesas mais “Jovens”?
  3. Como é possível que a MAG, sendo parte interessada na votação pois era partidária do “Sim”, tenha podido acompanhar a contagem dos votos?

Para fechar este texto gostaria de vos dizer o seguinte: Nunca, nos meus anos de associativismo, tinha ouvido falar em actas que se dividem em duas partes, sendo uma validada e outra que é a da mesa que não carece de ser validada! isto é mesmo uma novidade para mim. Mas se quiserem o que mais me custa neste processo todo continua a ser a escuridão em que estamos lançados desde que este processo começou. Nada é claro nem transparente! A actuação dos órgãos sociais vai toda na mesma linha! Quanto menos claro melhor!

Estas pessoas que “gerem” o Sporting fazem-no sem terem de prestar contas a ninguém e sem respeito pelos Sócios e pela sua opinião! Aliás este fim de semana, durante o derby, tivemos mais uma prova de quão importante é a nossa opinião! Vendemos a Honra por uma Salva de Prata! Fomos ao beija-mão do Corleone do futebol! Sobre este assunto leiam a crónica de ontem do Paulo Afonso Ramos aqui.

Finalmente entrámos no Sistema!

Era para isto que queriam o Sporting?

José Gil

Comentários do Facebook

Previous

UMA SALVA DE PRATA PARA COMEMORAR

Next

CRÓNICA DE UM DESRESPEITO ANUNCIADO

4 Comments

  1. ANTÓNIO LOPES

    Em fim ?. Por mais que esses senhores trafulhas, queiram encobrir a falcatrua que fizeram ? Não mais conseguiram esconder,tanta maldade !!!. Vamos correr com eles …Só com uma limpeza geral, é que o nosso grande Amor ! vencerá ?,VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

    • José Gil

      António é por isso que é preciso divulgar as mensagens para que os Sportinguistas abram os olhos! Obrigado pelo seu comentário e volte sempre.

  2. Arthur Santos

    Haja ou não duas actas esse é o problema de menor importância.
    O que é realmente importante é a ilegalidade da realização dessa AG. Está ferida de irregularidades graves não só perante os estatutos como perante a lei.

    Estamos em Portugal. Os corruptos, os desonestos, os ladrões, estão acima da lei. Sejam eles políticos, membros do governo, dirigentes desportivos, atletas, banqueiros, jornalistas.

    Por esse motivo a leri não se cumpre. Por esse motivo se mente descaradamente e nada acontece. Por esse motivo os tribunais emitem as suas decisões que não são cumpridas e fica tudo como dantes. Ninguém tem vergonha na cara.

    Mais grave ainda. Todas a gente condena os corruptos e ladrões que destruiram e continuam a destruir o país com desvios na ordem dos mihares de milhões de Euros mas essa mesma gente são os primeiros a dar-lhes apoio para destruirem o SCP e o Bruno de Carvalho.
    E porquê? porque o SCP é um clube apetecível para lhes resolver as dívidas monstruosas.

    E apetecível porquê? cito apenas alguns exemplos, que nunca se passariam com Bruno de Carvalho na presidência:
    – O Empresário Jorge Mendes ganha milhões (que reparte com os actuais amiguinhos) com o negócio lucrativo das transferências. Alguém acredita que se vendam jogadores a preço de saldo? Quem faria isso. O verdadeiro negócio passa-se por baixo da mesa e nos cofres do SCP entram migalhas.
    – Os terrenos de Alcochete com a anunciada construção do aeroporto estão valorizados a preços inimagináveis e alguém vai meter muitos mihões ao bolso.
    – O contrato com a NOS, com a antecipação de milhões Euros é outra ultra milion
    aria fonte de receita para os assaltantes do SCP.

    Depois…. há a verdadeira origem deste atentado. Bruno de Carvalho estava a trabalhar no sentido do SCP ser nosso e Sobrinho/Ricciardi perdiam todo o poder no clube bem como os respectivos milhões de Euros.

    Nós sócios pouco ou nada podemos fazer. Bruno de Carvalho enfrentou o alto poder. Bruno de Carvalho teve a coragem de entregar a sua vida em defesa do SCP!

    Não sei como isto vai acabar mas sei que este não é o meu Sporting. Sou o sócio 3009-0 desde 1966, fui atleta do clube mas não me revejo neste SCP. Este não é definivamente o meu Sporting. Tenho a Game Box desde o inicio. Este ano não revalidei. Não vou ao estádio. Não acompanho os resultados. Só tenho quotas em dia para a possibilidade de ir votar. Se Bruno de Carvalho não ganhar deixo de pagar as quotas.

    Lamento!

    • José Gil

      Obrigado pelo se comentário Arthur, Concordo com o seu comentário. No entanto, a intenção de de denunciar este processo é mesmo demonstrar quão podre e fraudulento é este processo todo. Convido-o a ler a minha crónica o Tempo da Justiça para que compreenda mais facilmente o enquadramento do meu pensamento sobre este assunto.

Deixe-nos o seu comentário

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: