Sousa Cintra foi a figura principal no dérbi de ontem. Para mal de quem goste dele!

Começa por anunciar, quatro horas antes, a ausência de Jérémy Mathieu nos convocados. Brindando Rui Vitória com essa notícia depressa difundida pelos meios de comunicação social.

Depois, com cordialidade, dá um entrevista à BTV o canal oficial dos rivais que transmitiu o jogo.

Com os seus compadres e respectivas acompanhantes – esposas ou não – esteve na tribuna presidencial do Benfica sempre muito sorridente.

E como a ilustrar um grande dia de comemoração – talvez de uma parceria escondida – recebeu uma salva de prata para memória futura!

Se acrescentarmos as muitas declarações – umas infelizes e outras absurdas – terei que constatar que a minha primeira frase deste texto deva ser mais consensual do que, à primeira vista, parecia.

Sousa Cintra foi a figura principal no dérbi!

E permitam-me a opinião, mas, para mal da maioria dos Sportinguistas que não se revêm nestas atitudes, postura ou declarações proferidas.

Naturalmente que os benfiquistas agradecem a cortesia e o esquecimento do passado recente. Até ignoraram o que aconteceu no século passado quando o mesmo Cintra foi à Luz roubar Paulo Sousa e Pacheco. É tempo de engolir alguns sapos por uma causa maior!

Já sabemos que os benfiquistas fazem tudo pelo seu clube.

Já nós não!

E até aceitamos estes episódios de ontem, entre outros, como as questões das dispensas e o tema do treinador despedido que ainda vai dar muito que falar…

Uma salva de prata para um verdadeiro amigo!

Já tinha escrito algo na minha página de Facebook que pode ver aqui: https://www.facebook.com/2252161494823813/posts/2302213586485270/