O passado está cheio que exemplos e de homens que, no seu tempo, foram incompreendidos e desprezados.

Mas, incrivelmente, o passado e a história estão expostos nos dias que correm, com outros homens e com outras histórias, mais ou menos, com um elo de ligação à humana condição e as peripécias de que são capazes.

Um homem que seja genial tem fortes probabilidades de ser incómodo, como tem de ser perseguido ou atacado.

Bruno de Carvalho é um desses homens dos tempos modernos!

Genial na mudança que fez no Clube, conseguiu lutar contra os fundos, fez frente aos empresários e combateu a corrupção. Ajudou, em Portugal, na implementação do VAR.

Ser um homem muito atacado por rivais era expectável. Dentro do Sporting não tanto. E não tragam a questão do ADN leonino como uma possível justificação.

De uma certeza sei, seja por que prisma for, será um homem estudado no futuro.

Mesmo que o presente seja doloroso, que o tentem afundar ou que usem todas as fórmulas e ferramentas para o desactivar, ele, voltará a fazer história!

Porque a história precisa de referências, de homens geniais e sérios com valores reconhecidos ou porque o ser humano, mais tarde ou mais cedo, sabe reconhecer o outro, aquele que soube trazer a evolução.

O tempo, esse justiceiro, fará a sua parte e o homem que hoje incomoda, amanhã, será um herói e um exemplo para ser seguido!